• Dom. Mai 9th, 2021

‘A Caipirinha’, de Tarsila do Amaral, é leiloada por R$ 57 milhões 

Bydestacarme@gmail.com

Dez 18, 2020
Obra leiloada de Tarsila do Amaral

Obra leiloada de Tarsila do Amaral
Reprodução

A obra “A Caipirinha”, da pintora brasileira Tarsila do Amaral, foi leiloada nesta quinta-feira (17), em evento realizado pela Bolsa de Arte, por R$ 57,5 milhões, se tornando o valor mais alto pago em uma obra de arte brasileira.

De acordo com a organização do evento, a disputa pela obra durou 15 minutos, e chegou ao valor mais alto depois de 19 lances. Antes de “A Caipirinha”, a obra de arte brasileira mais cara vendida era “Vaso de Flores”, de Alberto da Veiga Guignard, que foi arrematado por R$ 5,7 milhões em 2015.

A obra de Tarsila do Amaral foi adquirida por um colecionador brasileiro, e deve permanecer no Brasil. Antes de ser entregue ao comprador, a obra segue em exposição até está sexta-feira (18), na Bolsa de Arte, na região dos Jardins (centro de São Paulo).

O leilão de “A Caipirinha” aconteceu após uma ação de execução ajuizada por várias instituições financeiras contra o ex-proprietário da obra, o empresário Salim Taufic Schahin, investigado na Operação Lava Jato, por uma dívida milionária.

No último dia 10 de dezembro, o ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Moura Ribeiro negou um pedido de tutela provisória que buscava suspender o leilão da obra.

Apesar de manter o leilão, o ministro determinou o bloqueio, em conta judicial, da quantia arrecadada com a venda do quadro, que não poderá ser levantada até a apreciação do mérito de um recurso especial pelo supremo.

No julgamento de embargos de terceiro, feito pelo filho do devedor – segundo o qual seu pai lhe teria vendido o quadro –, o juiz negou o pedido de levantamento da penhora da obra, decisão mantida pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo).

CURSO HOTMART
ENVIAR