• Seg. Jan 18th, 2021

Dólar fecha com leve queda após saltar 1,6% durante o dia

Bydestacarme@gmail.com

Jan 5, 2021
Notas de US$ 1. Moeda americana fechou em leve queda nesta terça

Notas de US$ 1. Moeda americana fechou em leve queda nesta terça
REUTERS/Gary Cameron

O mercado de câmbio brasileiro experimentou mais um dia de amplas oscilações nesta terça-feira (5), que terminou com o dólar zerando fortes ganhos de mais cedo e ficando em leve queda, em meio à recuperação de ativos de risco no mundo após um início de pregão mais fraco.

O dólar à vista fechou com variação negativa de 0,11%, a R$ 5,26 na venda. A moeda oscilou entre alta de 1,62% durante a manhã, para R$ 5,35, e queda de 0,32%, a R$ 5,25, pouco antes das 15h30.

Na B3, o dólar futuro tinha queda de 0,57%, a R$ 5,27, às 17h16. Entre a máxima e a mínima, o dólar futuro andou R$ 0,10 depois de ter variado 0,17 na véspera, o maior spread desde 9 de novembro.

Os números indicam que o real, já o campeão de volatilidade no mundo emergente, começou o ano exibindo ainda mais instabilidade.

A volatilidade implícita das opções de dólar/real para três meses – uma medida da percepção de incerteza sobre a taxa de câmbio e que está em alta há dois meses – bateu 19,13% ao ano, maior patamar desde 13 de outubro.

O peso mexicano – um dos principais rivais do real nos mercados de câmbio – tinha volatilidade implícita de 15,37% nesta terça.

Com a instabilidade do câmbio, a TAG Investimentos começou 2021 com posições neutras em real, após um 2020 marcado por temores relacionados às contas públicas e piorados pela pandemia.

“Ainda temos um enorme problema fiscal que precisará ser, pelo menos em parte, equacionado. Este é hoje o maior desafio para o país, e um dos vetores que podem definir a direção estrutural de nossa economia nos próximos anos”, disse a casa em carta mensal.

CURSO HOTMART
ENVIAR