• Sex. Jan 22nd, 2021

Flordelis e dinheiro na cueca: casos ficarão parados até fevereiro

Bydestacarme@gmail.com

Jan 6, 2021
Deputada Flordelis e senador Chico Rodrigues

Deputada Flordelis e senador Chico Rodrigues
Reprodução Câmara dos Deputados e Senado Federal

Os pedidos de cassação de mandatos envolvendo a deputada federal Flordelis e o senador Chico Rodrigues devem continuar paralisados pelo menos até as eleições às presidências da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

Os Conselhos de Ética de ambas as Casas, responsáveis por analisar os pedidos de cassação dos mandatos, estão paralisados desde março do ano passado em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, a situação deve se perdurar até fevereiro, data marcada para a eleição das Mesas Diretoras. Depois do pleito legislativo, há eleição para os novos membros das comissões e conselhos e a análise, por parte dos novos presidentes, de pedidos de retorno desses grupos para, em seguida, dar início a investigação dos casos.

Casos
Flordelis é acusada pelo Ministério Público de ser a mandante da morte de seu ex-marido, o pastor Anderson do Carmo. Em depoimento à Justiça, a parlamentar admitiu, pela primeira vez, que tinha conhecimento sobre o plano de Lucas dos Santos, seu filho adotivo, de matar o pastor.

Rodrigues, por sua vez, foi flagrado com dinheiro durante operação da Polícia Federal em Boa Vista (RR). A investigação apura desvios de dinheiro público destinado ao combate da pandemia de covid-19. Ambos os parlamentares negam as acusações.

CURSO HOTMART
ENVIAR