• Dom. Mai 9th, 2021

Otorrino Asa Sul DF

Bydestacarme@gmail.com

Jan 25, 2021

Como evitar perda de de olfato e paladar após pegar coronavírus – Médico Otorrino BrasíliaOtorrino Asa SulOtorrino DFOtorrino Águas ClarasOtorrino Taguatinga, explica como proceder.

Por que o epitélio olfativo é infectado?

O teto das narinas é revestido com epitélio olfativo, um tecido composto por três tipos de células: células basais, neurônios sensoriais olfativos (que sobrevivem de 30 a 60 dias) e células de suporte. O que acontece com o Sars-CoV-2 é que ele possui uma instalação especial para penetrar essas células.

Otorrino Brasília

Desde março, quando o índice de contaminação do novo coronavírus tomou proporções alarmantes, descobriu-se que a perda súbita de olfato e paladar era um dos principais sintomas apresentados por aqueles que contraíram a COVID-19.

Passados aproximadamente oito meses desde esta descoberta, um encontro virtual entre especialistas para discutir o assunto foi realizado durante a 50ª edição do Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia, que está em andamento e ocorre em formato 100% online devido à pandemia e a consequente necessidade de distanciamento social.

Na noite desta quinta-feira, 26 de novembro, profissionais da área promoveram uma mesa redonda para discutir o assunto, e trazer ao conhecimento dos demais participantes do encontro, os procedimentos mais indicados a serem tomados junto aos pacientes que relatam anosmia por conta da COVID-19 e como trabalhar na recuperação da perda súbita do olfato e do paladar.

De acordo com os especialistas que participaram da discussão, o treinamento olfatório traz uma melhora significativa da perda, não possui contraindicação e pode ser realizado ainda no período em que a pessoa está contaminada pelo novo coronavírus. A lavagem tópico nasal também é indicada como auxílio ao tratamento.

Por outro lado, em relação ao uso de corticoides sistêmicos, não há um consenso. Alguns médicos prescrevem logo no início dos sintomas e, outros, após os primeiros 14 dias de apresentados os sintomas da doença.

Tudo ainda é muito recente, estamos trabalhando e aprendendo dia a dia, de acordo com a resposta de cada paciente. A perda súbita do olfato e do paladar é, em grande parte dos casos registrados, o primeiro sintoma apresentado, isso por se tratar de um sintoma muito comum em casos de infecções virais das vias aéreas superiores. Como forma de se recuperar da anosmia, o treinamento olfatório tem se mostrado muito eficiente na maioria dos casos, por isso essa tem sido a conduta médica mais indicada. Porém, há relato de casos em que não houve recuperação da perda, mesmo passados aproximadamente 60 dias da liberação do paciente.

Existe um tratamento pós covid-19 para amenização de sintomas da doença e pode ser iniciada mediante consulta com um otorrino.

Ligue no telefone caso você esteja em Brasília, Asa Sul, Asa Norte, Águas Claras, DF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CURSO HOTMART
ENVIAR